29 de fev de 2012

Convite para dançar.

Um conselho para mim mesmo, espero que eu aprenda de uma vez: quando uma garota se insinua, não é uma oferta, uma promessa; mas uma suposição, um convite. É como uma dança, isso, um convite para uma dança. É a garota dando uma brecha, deixando você chegar perto e até tocá-la. É ela deixando-se guiar numa breve canção de apresentação. Nada a impede de trocar de par na valsa a seguir. Se ela pisou no seu pé foi porque, na boa, considerou que você não soube conduzi-la ao próximo passo.
Gabito Nunes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual o sabor?