24 de jan de 2012

adormecendo.

Encostamo-nos na parede em silêncio, ainda de mãos dadas. Mais ou menos uma hora depois, ela adormece e seu corpo escorrega até a cabeça descansar no meu ombro. Permaneço, acordado, com cada fibra do meu corpo ciente da presença dela.
           Sara Cruen in Água para Elefantes.

Um comentário:

  1. Oi Vanessa!!
    Não sei se você lembra de mim, sou Eloah, a prima de Louise, que estudou contigo la no Interativo.
    Gata, adorei teu blog, muuuito lindo!! Já virei seguidora!!
    Passa lá no meu depois pra conhecer, vou ficar esperando tua visita, viu?!!

    Xerinhos!! =*
    http://osegredodasunhas.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Qual o sabor?