8 de jan de 2011

Você fala demais. Diz muitas besteiras da boca pra fora. Mas sei que se arrepende por jogar o que não era lixo fora. Você briga, me ignora, pisa na bola. Sente saudade e chora. Diz que é de raiva pra não assumir que me adora. Eu sei que um grande amor não é fácil de se encontrar. Mais difícil ainda é deixar de gostar. Se o clima ta pesado não existe pecado que não se possa perdoar. Vai ver a gente não conhece o amor direito. Prazer eu sou um cara cheio de defeitos. Igualzinho aquele que você aprendeu amar. Mesmo que o sol se apague e venha a lua te trazer de volta aos sonhos meus. Pode passar mil anos você vai me amar e eu vou ser pra sempre seu.
- Jorge e Mateus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Qual o sabor?